Martin Afonso de Souza

Nobre e militar português. Martim Afonso de Souza nasceu em Vila Viçosa, estima-se entre os anos de 1490/1500; faleceu em Lisboa, em 21 de julho de 1571. Era descendente bastardo do rei Afonso III de Portugal. Foi senhor de Prado e Alcaide-mor de Bragança e, posteriormente, Governador de Índia e do Brasil. Serviu ao Príncipe D. João e viveu por um tempo em Salamanca.

Martim Afonso de SouzaEm 1531, iniciou a serviço de Portugal, a carreira de homem de mar, na armada destinada a vir ao Brasil. Assim foi nomeado por ser primo-irmão de um dos membros do Conselho Real e ter influência com o Rei. A armada era composta por cinco embarcações, e levava consigo armas e mais de quatrocentas pessoas entre colonos e tripulantes. A missão da armada comandada por Martim Afonso de Sousa era combater os tráficos marítimo realizado pelos franceses no litoral do Brasil, adentrar nas terras em direção ao Rio da Prata à procura de pedras preciosas e construir povoamento no litoral. Trouxe sementes, ferramentas, mudas e animais domésticos. Tinha amplos poderes como capitão-mor da esquadra e do território da colônia, além do exercício da justiça civil e criminal. Possuía a autoridade de tomar posse de terras em nome do rei e distribuir sesmarias. Conheceu o litoral brasileiro e, em 1531, no litoral Pernambucano, capturou três embarcações francesas que carregavam pau-brasil. Foi o fundador de São Vicente, primeira vila da América portuguesa, no litoral paulista. Responsável por iniciar a plantação de cana-de-açúcar, instalou o primeiro engenho, conhecido como o “Engenho do Governador”. Era estudioso em Matemática, Cosmografia e Navegação.


 

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Martim_Afonso_de_Sousa

http://www.multirio.rj.gov.br/historia/modulo01/martim_afonso.html