Santos Dumont

  O brasileiro, Alberto Santos Dumont, um dos pais da aviação, em 19 de Janeiro de 1901, conseguiu realizar o percurso de 11 km em menos de 30

minutos em um balão dirigível desenhado por ele (6 m de diâmetro x 32 de longitude), partindo da Torre Eiffel. Ganhou o prêmio Deutsch de 100 mil francos, oferecido à aeronave que contornasse a torre Eiffel. Na ocasião, prometeu realizar curtos percursos a bordo em um bi plano, também construído por ele. E realizou!.

   Alberto Santos Dumont, nasceu em Palmira, atual Santos Dumont, MG. Filho

de um engenheiro e grande fazendeiro de origem francesa, vai para Paris em 1891, onde passa a maior parte da vida. Dedica-se ao automobilismo e logo à aeronáutica. Projeta dirigíveis com motor movido a derivados de petróleo e planeja, constrói e experimenta mais de vinte inventos aeronáuticos.

      Em 1906, constrói o 14-Bis e, em 1907, o Demoiselle, avião extremamente leve, menor que o 14-Bis, no qual passeia todos os dias. Substitui o Hidrogênio pelo gás de iluminação como combustível para balões, diminuindo o perigo de explosões. Inventa o hangar, o relógio de pulso e a porta de correr sobre rodas.

 Volta ao Brasil em 1928 e, durante uma crise de depressão atribuída por alguns

historiadores ao uso bélico do avião, suicida-se no Guarujá, São Paulo.

Santos Dumont foi um dos primeiros a decolar a bordo de um avião, impulsionado por um motor aeronáutico. A maioria dos países do mundo considerarem os Irmãos Wright como os inventores do avião, por uma decolagem ocorrida em 17 de dezembro de 1903, com o uso de uma catapulta. Santos Dumont foi o primeiro a cumprir um circuito pré-estabelecido sob testemunho oficial de especialistas, jornalistas e da população parisiense. Em 23 de outubro de 1906, voou cerca de 60 metros e a uma altura de dois a três metros com seu 14 Bis, no Campo de Bagatelle em Paris. Menos de um mês depois, em 12 de novembro, repetiu o feito e, diante de uma multidão de testemunhas, percorreu 220 metros a uma altura de 6 metros. O vôo do 14-Bis foi o primeiro verificado pelo Aeroclube da França de um aparelho mais pesado que o ar na Europa, e possivelmente a primeira demonstração pública de um veículo levantando vôo por seus próprios meios, sem a necessidade de uma rampa para lançamento. O 14-Bis teve uma decolagem autopropelida, e por isso Santos Dumont é considerado em seu país de origem, o Brasil, como o Pai da Aviação.

 Herdeiro de uma família de cafeicultores prósperos na cidade de Ribeirão Preto; pôde se dedicar aos estudos da ciência e da mecânica vivendo em Paris. Ao contrário de outros aeronautas da época, deixava suas pesquisas como domínio público e sem registrar patentes.

 A casa onde nasceu Alberto Santos Dumont situa-se no município de Santos Dumont, zona da mata mineira, a 240 quilômetros de Belo Horizonte e 220 quilômetros do Rio de Janeiro. O local foi transformado no Museu de Cabangu. Também em Petrópolis existe o Museu Casa de Santos Dumont.