Strict Standards: Declaration of JParameter::loadSetupFile() should be compatible with JRegistry::loadSetupFile() in /home/potygua/public_html/libraries/joomla/html/parameter.php on line 512

Aleijadinho

Filho de um mestre de obras português e de uma escrava, Antônio Francisco Lisboa, (Aleijadinho) nasceu em Vila Rica, atual Ouro Preto, MG, em 1730. Ainda menino iniciou-se na arte de entalhar acompanhando os passos do pai, também entalhador.

  No período entre 1766 e 1775,  construiu a igreja de São Francisco de Assis e a igreja de Nossa Senhora das mercês e perdões, ambas em Ouro Preto. A partir de então, a hanseníase começa a deformar seus membros, imitando-lhes os movimentos.Perde progressivamente a capacidade de usar os dedos dos pés e das mãos.  Em conseqüência disso passa a andar com dificuldade e ganha o apelido de aleijadinho. A limitação não o impede de continuar trabalhando na construção de Altares, capelas e igrejas das cidades da região do ouro de Minas Gerais.

 

    Na fase de sua doença, Aleijadinho criou suas obras mais expressivas. Pertence a esta fase sua obra-prima; o conjunto de esculturas Os passos da Paixão e os doze profetas, da igreja de Bom Jesus de Matosinho, na cidade de Congonhas do Campo.

     Esse trabalho do mestre Aleijadinho, que reúne 66 imagens esculpidas em madeira e 12  em pedra sabão, é considerado um dos mais representativos do barroco brasileiro.

 

   Em 1814, Aleijadinho morre em Ouro Preto, pobre e doente, permanecendo esquecido até o início do século XX, quando foi redescoberto e passa a ser reconhecido como o artista  mais importante de todo o período colonial brasileiro. Além das obras que estão em Congonhas do Campo e Ouro Preto, seu trabalho pode ser visto em: Tiradentes, Mariana, Barão de Cocais, Sabará e São João Del Rey.