Domingo, 10 Fevereiro 2013 00:49

Desenvolvimento da provincia

Desenvolvimento da província

Durante o movimento de independência, em março e abril de 1821, ocorreram várias comoções políticas no Espírito Santo, enquanto se procedia à escolha de seus representantes às cortes de Lisboa. Após a proclamação da autonomia brasileira, foi dado total apoio à nova realidade política, e em 1º de outubro de 1822, reconhecido imediatamente D. Pedro na condição de imperador do Brasil.

O governo provincial enfrentou séria crise econômica nos primeiros anos da década de 1820, ocasionada pelo estrangulamento da produção agrícola em razão da prolongada estiagem. Mesmo assim, iniciou a cultura cafeeira. Para tanto, incentivou o aproveitamento de terras por colonos estrangeiros, o que se deu simultaneamente à chegada de fazendeiros fluminenses, mineiros e paulistas. A exemplo das demais províncias do sul, no Espírito Santo essa experiência colonizadora baseou-se na pequena propriedade agrícola, que logo se estendeu ao longo da zona serrana central, em contraste com as áreas do sul daquela região, onde predominava a grande propriedade.

Em 1846 fundou-se a colônia de Santa Isabel (Campinho) com imigrantes alemães de Hunsrück e em 1855 uma sociedade particular — depois encampada pelo governo — criou a colônia do Rio Novo com famílias suíças, alemãs, holandesas e portuguesas. Entre 1856 e 1862 houve considerável afluência de imigrantes alemães para a colônia de Santa Leopoldina, que tinha por sede o porto de Cachoeiro de Itapemirim, no rio Itapemirim, a cinquenta quilômetros da foz, no sul do estado. Rapidamente as antigas áreas de pastoreio pontilharam-se de pequenos estabelecimentos agrícolas, que demonstraram grande força expansiva. As colônias de Santa Isabel e Santa Leopoldina, por exemplo, criaram desdobramenros através de todo o planalto, entre os rios Jucu e Santa Maria, e mais tarde atravessaram o rio Doce.

No processo de colonização enfrentaram os imigrantes, a par de outras dificuldades, o sério problema indígena na região do rio Doce. Malgrado os esforços de aldeamento e as tentativas de utilização de sua mão-de-obra, sucediam-se os choques com os colonos, e chegou mesmo a verificar-se grave contenda entre índios e moradores de Cachoeiro de Itapemirim, como elevado número de mortos e feridos, em 1825. Duas décadas depois, o comendador e futuro barão de Itapemirim, Joaquim Marcelino da Silva Lima, ainda tentou organizar um grande aldeamento à base de terras devolutas.

Influência do café

Na república, o estado concorreu eficazmente para o progresso do país. Os canaviais haviam sido substituídos pelos cafeeiros. Ainda não tinha sido fundada nenhuma usina. Os engenhos centrais pouco a pouco desapareciam. Além de fazendeiros capixabas, que passam a cultivar o café, vieram também, com o mesmo propósito, fluminenses, mineiros e até paulistas, como o barão de Itapemirim.

Graças ao trabalho profícuo desses colonos, quando se aboliu a escravidão dos negros — o que derrocou as grandes fazendas, de imediato ou não — a economia do Espírito Santo resistiu e proporcionou aos seus presidentes, depois de proclamada a república, os meios necessários para empreendimentos como a construção de estradas de ferro, expansão do ensino e organização de planos urbanos, com Muniz Freire; instalação de água, luz, esgoto, bondes elétricos, de um parque industrial, de uma usina elétrica e de uma usina de açúcar em Cachoeiro de Itapemirim e na vila de Itapemirim, de uma fazenda-modelo em Cariacica, além de reforma da instrução pública e construção de grupos escolares e de pontes entre Vitória e o litoral e Colatina e o norte do rio Doce. Essas e outras obras foram realizadas com recursos provenientes sobretudo do café produzido pelas colônias de imigrantes europeus organizadas desde a monarquia.
O plantio do Café foi a principal atividade exercida pelos imigrantes europeus e foi a maior fonte de renda para o estado até 1940.

Com a irradiação ferroviária que o café suscitou em meados do século XIX, o Espírito Santo beneficiou-se da rede de leitos, cujo centro estava em Campos dos Goitacases e que estabelecia comunicações entre duas importantes áreas cafeeiras: a Zona da Mata, em Minas, e o sul capixaba. Apesar de situada fora da região de cultivo, a cidade de Vitória foi a que mais progrediu sob o surto daquela lavoura, e já em 1879 processaram-se os primeiros estudos destinados à construção do porto, que deveria escoar toda a produção da província. Atendendo às novas exigências, em meados do século começou a funcionar a imprensa capixaba, com a circulação do jornal O Correio da Vitória, de propriedade de Pedro Antônio de Azeredo, a partir de 1849.

Em 1850 a configuração territorial do Espírito Santo já assinalava a existência de dez municípios: Vitória, Serra, Nova Almeida, Linhares, São Mateus, Espírito Santo, Guarapari, Benevente (hoje Anchieta) e Itapemirim. Pouco antes a província perdera parte de suas terras, em virtude da desanexação de Campos dos Goitacases e São João da Barra, restituídas ao Rio de Janeiro em 1832.

Abolição da escravatura

No final do século XIX, os capixabas, sobretudo a intelectualidade, aderiram ao movimento abolicionista. A exemplo do que aconteceu nas demais províncias, surgiram associações ligadas à emancipação, como a Sociedade Abolicionista do Espírito Santo (1869) ao lado de acirrada campanha jornalística e parlamentar. No próprio edifício da Câmara Municipal de Vitória fundou-se uma sociedade libertadora (1883). Durante a propaganda, evocava-se a crueldade dos castigos infligidos aos escravos, como sucedera após a insurreição de cerca de 200 negros no distrito de Queimados, em 1849.

A abolição da escravatura, no entanto, conduziu os grandes proprietários à ruína, em virtude da privação da tradicional mão-de-obra. Assim, com o advento da república, o primeiro governador do estado não encontrou condições materiais para levar a efeito os planos preconizados pela propaganda republicana. As finanças da antiga província encontravam-se exauridas.


Origem: Wikipédia

  www.es.gov.br
Ler 5825 vezes

262 Comentários

  • Ligação de comentário ArthurTieni Domingo, 01 Abril 2018 15:32 postado por ArthurTieni

    buy cialis online for cheap
    buy cialis
    order brand cialis online
    buy cialis online
    buying cheapest generic cialis soft tab
    cialis usa
    rx party net pill cialis
    cialis usa
    cialis canada buy

  • Ligação de comentário Jameshig Quinta, 29 Março 2018 09:59 postado por Jameshig

    cheap cialis paypal
    generic cialis at walmart
    buy real cialis uk
    cialis generika
    buy cheap cialis usa visa
    cialis coupon
    cialis sale online australia
    cialis 20mg prix en pharmacie
    cialis discount coupon

  • Ligação de comentário Jorgeelelp Quarta, 28 Março 2018 17:37 postado por Jorgeelelp

    cialis cheap prices
    cialis generika
    cheap cialis in uk
    buy cialis online
    cheap generic cialis uk online
    buy cialis online
    buy cialis online from uk
    tadalafil 20 mg
    safe place to buy generic cialis

  • Ligação de comentário GeorgeDrams Quarta, 28 Março 2018 04:04 postado por GeorgeDrams

    cialis online cheap
    buy cialis online
    cialis for sale in us
    cialis online
    how to buy cialis online usa
    generic cialis online
    cialis online discount
    generic cialis online
    pharmacy has cheapest cialis

  • Ligação de comentário Andrewpleft Segunda, 19 Março 2018 01:45 postado por Andrewpleft

    adobe shockwave
    adobe creative suite
    download adobe cloud
    adobe creative suite
    creative sound blaster
    photoshop cc 2017
    abode
    adobe photoshop cc 2017
    adobe f

  • Ligação de comentário Frankmom Quarta, 07 Março 2018 05:18 postado por Frankmom

    getting viagra from gp
    viagra without a doctor prescription
    buy sildenafil citrate online india
    viagra without doctor
    cuanto sale una caja de viagra
    buy viagra online
    can buy viagra cvs
    order viagra online
    what is the price of real viagra

  • Ligação de comentário Robertbup Terça, 06 Março 2018 21:49 postado por Robertbup

    cheap viagra in australia
    viagra without doctor
    prices for generic viagra
    viagra without doctor
    levitra viagra cialis prices
    buy viagra
    buy viagra online free shipping
    viagra
    viagra generico bula

  • Ligação de comentário BryanFlOlf Terça, 06 Março 2018 20:07 postado por BryanFlOlf

    viagra sales valentines
    viagra without a doctor's prescription
    viagra online in the usa
    viagra without doctor
    sildenafil 50 mg masticable magnus
    buy viagra online
    mixing viagra and cialis together
    buy viagra
    die besten viagra generika

  • Ligação de comentário Breanna Terça, 06 Março 2018 09:45 postado por Breanna

    order viagra without rx online
    viagra
    can buy cheap viagra

  • Ligação de comentário VictorOpeld Domingo, 04 Março 2018 19:51 postado por VictorOpeld

    online gambling
    free real money casino no deposit
    slot online
    cassino

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.