Strict Standards: Declaration of JParameter::loadSetupFile() should be compatible with JRegistry::loadSetupFile() in /home/potygua/public_html/libraries/joomla/html/parameter.php on line 512

Descobrimentos Portugueses

 A expansão marítima portuguesa data do início do século XV. A exploração sistemática da costa africana pelos portugueses começou com a conquista da praça de Celta, em 1415. Quatro anos depois, em 1419, o infante dom Henrique de Avis fundou a "Escola de Sagres",

primeiro centro de pesquisas marítimas e cartográficas do mundo. A expansão marítima portuguesa estimulou a expansão da oferta de alimentos e de moeda circulante na Europa.

      Em 1418, Bartolomeu Perestrello descobriu as ilhas de Porto Santo. Em 1420, os portugueses chegaram até a ilha da Madeira. E, em 1431, ao arquipélago dos Açores.

     Durante todo século XV,  os navegadores portugueses desvendaram a costa da África ocidental e dominaram a tecnologia da navegação oceânica, guiando-se pelas estrelas.

 Na década de 1470, Portugal consolidou uma área econômica coesa fora de seu domínio europeu. Importava marfim, pimenta malagueta, ouro e escravos da costa africana. As ilhas atlânticas forneciam açúcar, cereais, vinhos e corantes para a indústria têxtil. A contrapartida desse comercio ultramarino colocava o reino lusitano numa situação singular, pois os produtos utilizados na compra de ouro e escravos na Guiné eram de origem estrangeira, sobretudo da Alemanha, Flandres, Itália, Inglaterra e França. Os produtos africanos, por sua vez, eram reexportados por Portugal, através de Flandres, para o restante da Europa.

      Em 1488, Bartolomeu Dias contornou o Cabo das Tormentas, rebatizado de Cabo da Boa Esperança, no extremo sul do continente africano.

      Mas, em 1492, os espanhóis surpreenderam a todos: Cristóvão Colombo, um navegador genovês a serviço da rainha Isabel de Castela, anunciou que havia alcançado as Índias, navegando rumo ao Oeste.


  Extraído do livro: História e Civilização.

Historiadores: Carlos Guilherme Mota e Adriana Lopez.